1º Torneio de Bocha

Pela primeira vez, um dos jogos mais tradicionais do Rio Grande do Sul ganhou um campeonato no Litoral Norte. O 1º Torneio de Bocha na Areia, uma iniciativa da Rede Pampa de Comunicação em parceria com a Saba (Sociedade dos Amigos do Balneário Atlântida) e GBOEX (Grêmio Beneficente dos Oficiais do Exército), contou com 16 jogadores na sede campestre da Saba, em Atlântida, neste domingo. Foram quatro horas de disputa e muita expectativa das oito equipes, que receberam o nome de importantes balneários da Região Norte, caracterizados com camisetas de cores distintas: Cidreira (verde), Tramandaí (azul), Imbé (vermelho), Xangri-lá (laranja), Atlântida (amarelo), Capão da Canoa (vinho), Arroio do Sal (rosa) e Torres (branco).

Duas canchas de areia com 4m x 24m sediaram as partidas, divididas em oito jogos na fase classificatória, duas na semifinal e mais duas na final. Uma curiosidade destacada pelo presidente da Saba, Emir Parisotto, foi o tempo levado para a organização do espaço ofertado. “Em apenas três dias conseguimos construir as duas quadras. Movidos a esforço é que fizemos acontecer este evento tão importante para a cultura do Estado e para o Litoral Norte”, comemorou o mandatário.

As regras estabelecidas eram uma readaptação da Sul-Americana e foram repassadas por Geraldo Stedile, um dos organizadores do Torneio de Bocha. As duplas receberam as dicas nos minutos que antecederam o início dos jogos. “No caso de empate na distância entre as bochas, elas não contariam pontos para nenhuma das equipes”, ressaltou Stedile. A pontuação máxima para cada dupla era de 15 pontos.

Três troféus aguardavam os primeiros colocados. Quem se saiu bem na primeira edição do Torneio de Bocha foram as equipes Cidreira (Leandro Adaime e Bruno Dias – terceiros colocados), Torres (Ediel e Gediel Barreto – vice-campeões) e Capão da Canoa (Ciro Pacheco e Carlos Cardoso – campeões). A dupla campeã, que recebeu o Troféu Rede Pampa, destacou: “A última bola é sempre uma adrenalina, mas nos saímos bem. Ficamos emocionados. Competimos com grandes amigos e muitos deles bem mais experientes no esporte do que nós”.
João Pereira foi homenageado pelo vice-presidente da Rede Pampa, Paulo Sérgio Pinto, e pelo presidente da Saba, Emir Parisotto, na presença dos filhos Dody e Jayme Sirena, com uma placa de “Personalidade da Bocha”.

Até o clima favoreceu o Torneio, pois a temperatura agradável de aproximadamente 25°C deixou os jogadores confiantes e concentrados nas partidas. Nesta edição participaram apenas convidados, mas no ano que vem o evento esportivo será realizado nas demais praias, com a inclusão de categorias feminino e infantil.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *